Raposa Crítica

Raposa Crítica

Freebie Banco de Ideias
Resenhas
TOP COMENTARISTA SETEMBRO

A mente humana em 'O Sorriso da Hiena'

Terminei de ler O Sorriso da Hiena lá pelas 3h da madrugada e simplesmente fiquei encarando o teto do meu quarto por um tempo para absorver o que eu tinha acabado de ler. Eu tinha exatos três pensamentos:

  1. Esse fim está bem digno de novela mesmo e
  2. a Globo comprou os direitos de adaptação, então tomara que fique em algum nível entre Capitu e Ligações Perigosas (esta última na verdade eu não assisti, mas li algumas entrevistas e dizem que foi sensacional e etc)
  3. Tem um argumento que esse autor usa para sustentar essa história que vai me incomodar pro resto da vida.

Mas vamos por partes. Desculpem mesmo gente, mas esse post vai ficar gigante porque O Sorriso da Hiena, minha gente, eis um livro no mínimo medonho. Ah, e o autor é muito que lindo, vale a pena ressaltar.

A sociedade está confusa, dispersa

No suspense psicológico de Gustavo Ávila, o psicólogo infantil William desenvolveu sua tese de doutorado em uma análise de casos de crianças que passaram por algum tipo de situação dolorosa e questiona como o caráter dessas crianças iria se desenvolver conforme elas crescessem.

E então aparece David. Quer dizer, na verdade David é o primeiro a aparecer.

É que o começo do livro é a descrição de como ele viu seus pais serem assassinados na sua frente, quando ele tinha apenas oito anos de idade. Agora, para descobrir se ele se tornou uma pessoa má por causa disso, ele quer repetir a situação com outras crianças e entregar elas aos cuidados de William, para que ele possa analisá-las e enfim descobrir se tem um tratamento para o mau.

Em contrapartida, há também a narrativa do detetive Arthur atrás de desvendar os assassinatos em série. Junto a isso, há o dilema ético e moral de William ao não entregar David à polícia para conseguir comprovar seus estudos. É na mesma linha de algumas conversas que tive algumas vezes com médicos sobre testes humanos ou os avanços científicos na época do nazismo. E tudo que se passa na mente perturbadora de David.

Desbravar o labirinto da mente exige um nível elevado de autoconhecimento.
Eis o famoso pampa d'A Casa das Sete Mulheres
[ Book Haul ] Sobre como eu perdi completamente o controle em agosto
'Meu amigo Dahmer' e como a negligência social colabora no desenvolvimento de monstros
Página 1 de 80
12345... 80››

Receba as novidades: