Raposa Crítica
Freebie Banco de Ideias
Resenhas Literárias
GUIAS TERA ONLINE

Cansei de gente que não se importa

Relações intrapessoais são um negócio bizarro. Tem gente que gostamos, que não gostamos e aquelas que não fazem diferença na nossa vida. Esse post é para você, que não se importa. Que até convive com a pessoa e tal, mas não faz nenhuma diferença.

Sai.

Desaparece.

Pra quê você tá aí fazendo o outro perder seu tempo?

Ela tava ali, achando que é sua amiga. Achando que alguma coisa está sendo construída. Algum tipo de relação. Mas não, não tem nada. Porque você não dá a mínima. Se ela tá ali ou não tá, não faz diferença, né? Então vaza.

Eu to exausta disso.

Até odiar alguém é mais produtivo porque você tem algo com a pessoa. Existe uma relação.

E não tem nada pior do que você acreditar que é amigo de alguém, e descobrir que não faz diferença na vida dela.

E se não faz diferença, não fique. Não permita que outra pessoa cultive algo. Só vai embora. A gente sabe que você não é obrigado. Tudo bem, é seu direito. Mas não nos engane.

Às vezes gostamos de você. Às vezes, acreditamos que você se importa com a gente do mesmo jeito que o fazemos contigo. E aí descobrimos que não é verdade do jeito mais doloroso possível.

E sabe o que mais dói? Saber que em você não dói nada. Não faz diferença. É frustrante. Sequer tem algo que possamos dizer para aliviar essa frustração, porque realmente TANTO FAZ.

Então faz um favor: nem começa.

Se você quer tratar a pessoa como alguém dispensável, ou usá-la para passar o tempo: avisa. Deixa claro.

Já disse por aqui várias vezes que você pode ser o que quiser, desde que seja honesto. Tudo bem não querer se envolver ou se afeiçoar, mas você não tem e nem nunca terá o direito de fazer outrem de trouxa.

E eu, como alguém que se importou e acreditou na amizade de alguém que provou não se importar:

Vá pro inferno.

E devolva o tempo que eu perdi te chamando de amigo.

Quando amar se tornou uma maldição
[ AUTOESTIMA ] Você já se elogiou hoje?
BEDA: Impressões finais e porquê não valeu a pena

Receba as novidades:

18 comentários
  • Viviane Oliveira

    Babe, primeiro quero dizer que você também lacrou com o novo nome do blog e essa raposinha super fofa aí encima. Amei e achei a sua cara ❤️ Agora, sobre o seu post eu também odeio gente assim, odeio descobrir que não significava nada para um amigo, que a consideração que eu tinha era em vão. É um sentimento que dói e só o tempo consegue amenizar e esquecer.

    Já passei por isso e hoje posso dizer, eu superei!
    Beijão, amor.

    Responder
    • Jade Amorim

      Que bom que gostou, Vivi! Eu to meio que passando por isso agora, apesar de a outra pessoa "fingir que nada aconteceu". Aff, é revoltante né? Me sinto mal. :/

      Responder
  • Vanessa

    Meu Deus, melhor texto de todos os tempos!
    Eu passei por uma situacao desse tipo. Uma menina que era uma das minhas melhores amigasse afastou bastante.. Ela nao ligava nunca, saia com amigos em comum e nao me chamava, eu só era convidada quando esses amigos em comum sugeriam. Mas nao eram essas coisas que me chateavam, porque algumas amizades acabam mesmo e tudo bem. O que me chateava muito era que se a gente se encontrasse na rua por acaso, ela se mostrava a pessoa mais feliz do mundo com esse reencontro. Pedia todos os meus contatos novamente, pedia meu endereco pra mandar até cartas mesmo eu dizendo que era desnecessário. Mas depois nunca dava sinal de vida de novo. Ela fez isso durante anos! Por que nao deixava o raio da amizade morrer em paz? Se me visse na rua daria um oi educado e pronto, nao precisava afazer aquele teatro. Ela nao era obrigada a ser minha amiga e eu nao me sentiria rejeitada. Mas eu tenho é muita raiva dessa desonestidade!

    Ai desculpa o desabafo enorme.

    Responder
    • Jade Amorim

      Vanessa, pode desabafar sempre que quiser, viu? ♥ Não se preocupe com isso. Entendo muito o que tu passou e é realmente péssimo. Já tive diversas situações assim, mas como eu sou mais "mau humorada", eu nem dou corda pra quem eu vejo que está escrachando já.

      Responder
  • Bruna Morgan

    Ai, mano, odeio gente que só finge amizade. Eu só viro amiga se a pessoa mostrar que tá ali de corpo e alma comigo. Odeio cultivar afeto e ver que a pessoa nem se importa ¬¬

    Responder
    • Jade Amorim

      É exatamente esse o caso! Poxa, se não quer nem comece né? É frustrante ter que lidar com tudo isso por causa do descaso alheio. 🙁

      Responder
  • Mayara Vieira

    Nossa, aplaudindo de pé. Disse tudo. Eu também cansei, cansei real. Bjs

    http://www.mayaravieira.com.br

    Responder
    • Jade Amorim

      É complicado! :/

      Responder
  • Helana Ohara

    Acho que a pior coisa é ser dispensável. Tenho horror a isso.
    Se eu sinto que alguém esta fazendo isso comigo, pulo fora…
    E o pior de tudo que no mundo de hoje isso tá ficando cada dia pior, mais e mais as pessoas usam uma as outras.

    Responder
    • Jade Amorim

      Helana, acho que essa sensação de que "hoje tem mais disso", é apenas porque hoje nós lidamos infinitas vezes com mais pessoas do que antigamente se lidava. Foi um problema que cresceu proporcionalmente, infelizmente.

      Responder
  • Leslie Leite

    Concordo plenamente com o texto. É muito frustrante perceber que a outra pessoa não leva a sério a relação de amizade tanto quanto quem leva. Realmente, se for pra se fazer de 'tanto faz' melhor nem começar, o correto é retribuir sempre ou mais do que aquilo que se recebe.
    Beijo, http://www.apenasleiteepimenta.com.br

    Responder
    • Jade Amorim

      Exatamente, Leslie. Não é nem questão de querer cobrar que a pessoa seja algo que ela não quer ser, mas que ela seja honesta né? Não quer proximidade, não se aproxime. :[

      Responder
  • Simone Benvindo

    Comecei a ler o texto e já pensei em uma pessoa. Isso magoa tanto, você se dedica, ta ali para o que der e vier e depois descobre que a amizade só partia de você. Hoje sou muito mais seletiva com a amizade.
    Charme-se

    Responder
    • Jade Amorim

      Exatamente, Simone! Eu também sou super seletiva, mas ainda temos muito esses momentos de frustração.

      Responder
  • Mari Dahrug

    Não tem frustração maior do que se decepcionar com amizades,já passei por isso…

    Beijos
    Mari Dahrug
    https://www.rabiskos.com.br/

    Responder
    • Jade Amorim

      Acho que não tem nada mais comum que isso, né Mari? Infelizmente.

      Responder
  • Nath

    Nossa, cara, eu já me senti assim. É horrível! Hoje eu nem falo com a pesssoa que considerei 'amiga' mais, e isso é triste e ao mesmo tempo é OK, sabe? Lidar com pessoas é complicado ://

    Responder
    • Jade Amorim

      Sim, Nath. Tenho maior dificuldade quando a coisa começa a ficar "intima". É muito difícil. :c

      Responder

Receba as novidades: