Raposa Crítica
Freebie Banco de Ideias
Resenhas Literárias
GUIAS TERA ONLINE

Condição

 

O coração já não dava reviravoltas, as borboletas não voavam no estômago e as mãos continuavam secas. Sua presença não desencadeava mais nenhuma sensação estranha, era como se estivesse na frente de qualquer outra pessoa. O amor já não era avassalador, era monótono e sem sentido. Mas será que ainda era amor? Talvez eu não tenha notado quando os 'eu te amo' se tornaram 'eu gosto muito de você', ou talvez não aceite essa condição, que o amor já não existe. A pergunta anterior era feita com frequência demais, e não necessitava de uma resposta, era visível. Afinal… Quando se para pra pensar se ainda ama alguém, você já deixou de amar essa pessoa para sempre.

  • A frase em destaque é um trecho do livro A Sombra do Vento, de Carlos Ruiz Zafón. Meu livro preferido. Espero que tenham gostado.
  • O capítulo cinco da fanfic Sala Vazia está no ar, logo o adaptarei para o U. Original, ai poderão acompanhar pelo meu outro blog, quem não quiser esperar, é só entrar no link.
O assassino mais WTF de 'Destroçados'!
Bullet Journal Literário: organize suas leituras em 2018!
Tony & Susan, o livro que inspirou Animais Noturnos

Receba as novidades:

23 comentários
  • Márcinha Mendonça

    Adorei teu blog, o texto do teu livro preferido esta perfeito te levo comigo flor, virei mais vezes beijos meus

    http://marcinhamendoncapt.blogspot.com/

    Responder
  • maria claudete f.h.Batista

    Gostei imensamente da sua visita , mais ainda pela oportunidade de conhecer seu Blog e consequentemente você que é a expressão do mesmo. Muito bem construída sua história em cima desta frase tão reveladora e motivadora. Parabéns pela sua habilidade no uso das palavras. Beijos.

    Responder
  • Ariana

    As vezes a gente não percebe mesmo quando o amar se torna um simples gostar!

    Lindo texto!

    Beijos

    Responder
  • Teca Eickmann

    As palavras podem perder o sentido tão fácil, né?!
    Mas mentir pra si mesmo, e principalmente, para o outro, é idiotice demais, por que os dois sempre vão saber.

    Responder
  • Nina Vieira

    Na verdade, eu também continuo sob a mesma condição: distraindo a verdade e enganando o coração.

    Responder
  • Gabi Rodrigues

    Adorei o trecho do livro, aliás adorei o blog todo Jade! Vc faz um belo blog, parabéns!

    Bjo, bjo;**

    Responder
  • Emi

    Muito forte esse texto. Se tem uma coisa que me amedronta é o que pode ser do amanhã, em uma relação. Mas, não sei explicar, neste sentido acho que entra amor x destino; aquela velha história, se for para ser, será. Meio que por aí.
    Amei o post!
    Ah, e o layout está divino!
    Parabéns, minha flor!
    Beijos!

    Responder
  • Dryka Sales

    Adorei o texto e a frase =)

    Responder
  • T.

    Hey! Seu blog é incrível, sabe? Mesmo. Gostei demais (:

    Por sinal, texto maravilhoso. É verdade… Às vezes, a parte mais difícil é reconhecer que já não é mais amor. Mas é o certo :/

    Responder
  • Jamylle

    ain, adorei *-*
    tudo lindo aqui. quanto ao twitter, usei esse tutorial aqui http://madlyluv.com/extras/tutoriais/css-scripts-html/css-twitter/
    beijo :*

    Responder
  • M amaral

    e como diria tati bernadi : o fim do amor é mais triste que o nosso fim.
    seguindo…

    Responder
  • Camila

    Concordo com você, e achei o texto lindo *-* Adoro seus textos.
    xx

    Responder
  • Marcelo Viana

    Oh, obrigado pela visita e por seguir o meu blog :).
    Beijo aê, e mais sucesso pro seu o.

    Responder
  • Jeniffer Yara

    Amei o trecho do livro!E concordo com ele *-*

    Beijo

    Responder
  • H. Steiner'

    Que frase PERFEITA :O
    Amei o post também!

    Ah, obrigada!

    Responder
  • Mariana Lopes

    É aquela história, "eu te amo" virou "bom dia".
    Gostei muito do texto. Tá de parabéns!

    Responder
  • ~*Rebeca e Jota Cê*~

    Essa falta de amor faz falta. O coração precisa respirar emoções.

    Beijo imenso, menina linda.

    Rebeca

    Responder
  • Ana Beatriz

    Concordo. Quando pensamos demais, nos forçamos demais a sentir amor por alguém quer dizer que não gostamos mais dela quanto antes. Quando se ama de verdade já está visível, e não precisa tentar sentir esse sentimento.

    Responder
  • Nayara

    "Quando se para pra pensar se ainda ama alguém, você já deixou de amar essa pessoa para sempre."

    Concordo com a frase, quando agente ama -de verdade-, não temos dúvidas sobre isso -pelo menos é o que penso-.

    Adorei o texto, algo bem profundo e verdadeiro.

    beijos
    http://nayara-soares.blogspot.com/

    Responder
  • Rodolpho Padovani

    Exatamente, na verdade acho que quando é amor mesmo ele não se desbota com o tempo, talvez tenha sido mais um caso de paixão/confusão.

    A sombra do vento é um dos meus livros preferidos *.*

    Ei Jade, gostei do teu espaço, agradeço também a visita ao meu e pelo visto te acompanharei no seu terceiro ano aqui, hehe

    Bjs =)

    Responder
  • Max Psycho

    Muito bom seus textos gatinha, meus parabéns, continuas mandando muito bem, bjus

    Responder
  • Lily

    "…Talvez eu não tenha notado quando os 'eu te amo' se tornaram 'eu gosto muito de você'…"

    Muitas vezes a gente faz isso e quase sempre sem nem perceber, não é mesmo?!

    Lindo o blog, linda forma de traduzir sentimentos em palavras…

    E obrigada pela visita, tbm já estou te seguindo!

    Um beijo grande!

    Responder
  • Inercya

    O amor se desfazendo em pó, aos poucos…

    Ah, já li o livro, mas nao me lembro da frase. Eu já parei para pensar nisso, mas quando eu pensava, tinha mais certeza do meu amor. Acho que é relativo.
    :*

    Responder

Receba as novidades: