Não ignoremos o Espirito Santo

Nunca imaginei que usaria o blog para falar sobre um tema como esse, apesar de ser jornalista. Porém, acompanhando as últimas notícias, sinto que preciso de todos os veículos possíveis para compartilhar informações e combater o que a mídia tradicional está se esforçando muito: esconder o que está acontecendo com o Espirito Santo.

Uso este post não só para apresentar fatos, mas esclarecer algumas realidades que cercam o universo midiático. Antes de mais nada, como a população está sendo nossa maior fonte de informação, vamos ao contexto.

Acredito que não cabe a mim explanar sobre os fatos, já que não o vivo. Portando, uso os tweets da @rafavnt, moradora do estado, para tal.


O link que ela comentou, da denúncia do Paulo Hartung é este aqui. Como eu estou? Nervosa. Tenho amigos e parentes no estado e entro em contato com eles várias vezes ao dia para saber se estão vivos. A própria moça da qual peguei o texto acima emprestado está narrando o desespero geral que ela mesma tá vivendo, onde a população não dorme por MEDO.

Aí me perguntam, porque não há cobertura sobre essa situação?

E eu respondo: O que a grande mídia está fazendo ao se recusar a noticiar esse absurdo e lhe dar a devida intenção só é prova viva de como a EMPRESA jornalística está corrompida por laços políticos. Ver situações como essa é o que me faz saber que eu não teria estômago (e já não tenho) de exercer minha profissão por formação. Não foi isso que eu aprendi na universidade.

O que acontece é que os grandes veículos midiáticos funcionam com subsídio e concessões do governo, o que faz com que a censura exista mesmo que não explicitamente e os jornalistas são impedidos pelas empresas. Entenda, não é o governo que censura a informação, são os próprios donos e editores de jornal.

É frustrante é ver as pessoas falando como “o jornalismo no Brasil é uma merda”, sendo que a culpa não é do jornalismo em si ou do jornalista, ele é só um empregado numa empresa com interesses políticos e econômicos.  A gente rasga o diploma na hora que assina um contrato empregatício com esses lugares, porque muito do que se aprende sequer pode ser aplicado.

É por isso que você, como cidadão, não deve acreditar cegamente com o que vê na mídia. Ela manipula. Acompanhe ela, tudo bem, mas a internet tá aí. Leia, estude, pense. Não deixe que te coloquem ideias prontas na cabeça. O que é apresentado para vocês é um recorte da verdade, existem muitas maneiras de contar a mesma coisa, cada uma favorecendo um lado. Leia cinco, seis, sete veículos de posicionamentos diferentes para querer formar uma opinião.

Muito do que eu escutei também, por conta do que está havendo no Espirito Santo é que “ain a galera que pedia o fim da PM agora tá aí”. Essa é a prova mais crua e descabida de que a pessoa não sabe do que está falando. Aqui tem um texto BEM DIDÁTICO sobre o que é que as pessoas pedem quando pedem a desmilitarização da PM (movimento inclusive apoiado por 76% da PM, como o texto aponta).

Texto originalmente postado aqui.

Entendo como é difícil ter conhecimento dessas coisas para o cidadão comum. É difícil para nós, que passamos quatro anos de nossa vida estudando comunicação social e jornalismo. E eu não quero fazer a cabeça de ninguém, sinto apenas a necessidade de repassar a informação.

Você não tem direito de expressar sua opinião. Você tem direito de expressar a sua opinião fundamentada. Ninguém tem o direito de ser ignorante.

Harlan Ellison

Passei os últimos dias sem conseguir dar a devida atenção pro blog por estar tão preocupada com o que está havendo. Há dias em que sinceramente me questiono se quero mesmo viver num mundo assim. É frustrante, é injusto. Tanto a polícia como o cidadão é vítima de um sistema cheio de erros.

O que está acontecendo no Espirito Santo é apenas reflexo de tantas coisas erradas que acontecem na nossa sociedade. Por favor, não vamos ignorar isso.

Related Posts

4 Discussion to this post

  1. Nath disse:

    Fico feliz que voce tenha abordado esse assunto. Ja me desculpo agora pela falta de acentos, mas estou usando um computador diferente hehe

    Eu vi essa censura de perto em alguns veiculos de comunicacao que trabalhei do tipo “nao fala desse assunto pq o politico tal nao vai gostar” ou “nao foca nisso pq politico tal nao vai gostar”. Isso é extremamente ridiculo, de verdade, mas a realidade é que muitos politicos estao envolvidos de alguma forma nos veiculos de comunicao ou sao amigos dos donos. Eu trabalhei na assessoria de empersa da minha prefeitura e era muuuito chato pq tinhamos que glorificar tudo que a prefeitura fazia mesmo se nao fosse nada de mais e ainda sabiamos de muita coisa (propina, desvio de dinheiro atraso de obras, falta de policiais na cidade). Muitas vezes chegava um pessoal sem muita educacao pra falar sobre um assunto e eles eram iludidos com mentiras descaradas, e os funcionarios nem se importavam de alimentar as esperancas deles.

    Enfim, eu acho que a imprensa brasileira nao comenta varias coisas necessarias e a gente precisa mesmo é divulgar essa informacao como pode! Entao, obrigada por ter feito isso. Espero que a situacao do ES melhore logo, pois é horrivel o que esta acontecendo :/

    Beijos.

    • Jade Amorim disse:

      Nath, isso que você viu enquanto trabalhava é nosso dia a dia né? Quem trabalha nos veículos tradicionais não conseguem verdadeiramente exercer a própria profissão. É complicado porque a visão que as pessoas tem do jornalismo é de algo confiável, quando na verdade é extremamente questionável.
      A parte boa de existir a internet é essa força de informação não oficial, que informa mesmo que as grandes mídias estejam de olhos fechados. E sim, estamos todos esperando que tudo se resolva o quanto antes.

  2. Divana disse:

    Oi Jade!

    Estamos todos muito preocupados com o estado. Não fiquei sabendo o que estava acontecendo lá pela mídia, mas pelo Instagram e depois pelo Twitter.
    É impressionante como as coisas no país são tão vetadas! Esse assunto é de extrema importância e merece ser falado, entendido, anunciado aos quatro ventos!
    Seu texto é esclarecedor e não se atente somente à ele. E estou orando para os seus familiares no estado também.

    Abraços, e fique com Deus.

    • Jade Amorim disse:

      Pois é Div, a mídia não anda dando 1/3 da atenção que a situação merece. Fico feliz que concorde comigo nesse aspecto, já que é uma situação realmente assustadora. Por enquanto está todo mundo bem. 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *