Faz tempo que me afastei da leitura de histórias de romances, mas é um dos gêneros que mais li até hoje. Minha autora favorita durante a adolescência, junto com o Zafón, era Meg Cabot. Não nego que um romance água com açúcar é uma boa pedida para relaxar entre uma leitura mais densa e outra. Foi com esse pensamento que optei por pegar o livro A chama dentro de nós, da autora Brittainy C. Cherry, lançado pelo Grupo Editorial Record no selo da Galera Record. Já tinha ouvido falar da autora por ter

Quem não ama uma boa promoção de livro, não é mesmo? Em abril os blogs A world to read, Chovendo livros e Sai da minha lente fazem aniversário e serão 24 livros no total divididos em 4 kits para comemorar. Os livros foram selecionados por 12 blogs e editoras parceiras, e o blog que vos fala é um deles! Cada kit vai ter 1 vencedor e vocês podem participar de quantos quiserem, mas vou limitar a 2 kits por ganhador, caso a mesma pessoa seja sorteada duas vezes ou mais. Cada kit tem regras obrigatórias. Após preencher

 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 Se tem uma coisa que eu acho injusta nesse mundo é a discrepância entre o valor dos Funkos POP! nos Estados Unidos e no Brasil. Enquanto os bonequinhos de vinil super amados custam 10 dólares nos EUA, por aqui chegam a 100. E aí a gente fica só sonhando com ter nossa coleção, não é verdade? Recentemente uma colega que está fazendo intercâmbio avisou que ia voltar. Logo, a primeira coisa que me veio em mente foi pedir para que

Você já imaginou acabar com a sua vida? Considerou-se capaz de listar todos os motivos para fazê-lo? Já se desesperou por ser incapaz de sentir qualquer coisa? Ou até mesmo questionou qual o objetivo da sua existência? Eu já. Raiva. Desespero. Dor. E então um grande nada. É como se no meio de todo o turbilhão você tivesse chego em um grande lago de água parada. Você sente a pressão nos seus ouvidos e tudo que escuta parece muito distante. É como se tivesse correntes amarradas nos seus pés te puxando

Não sei se sou a pessoa mais adequada para debater esse tema pois não sou nem um pouco entusiástica desse gênero. Talvez, exatamente por isso, eu seja a pessoa adequada para falar sobre o assunto. Ter uma irmã caçula extremamente fã de K-pop me permitiu fazer algumas análises. Primeiro que o fã de K-pop é muito animado e dedicado… caramba, quanta energia galera. Em segundo lugar que a razão de pessoas que dizem que não gostam é geralmente xenofobia. Essa palavra dá medo, né? Você?! Xenofóbico?! jamais! Imagina! Você é uma pessoa tão

1 2 3 4 5 6 71 Page 4 of 71