Raposa Crítica
Freebie Banco de Ideias
Resenhas Literárias
GUIAS TERA ONLINE

Para estar 'Casada até Quarta', leia isso (ou não)

Vou ter que começar mais uma resenha me desculpando, porque cara, a ressaca literária, ela é real. E ela só piorou depois que li Casada até Quarta, da Catherine Bybee. Alguém me diz como a gente faz para superar uma ressaca literária? Porque eu continuo muito na bad.

Unido a esse fato, tenho que deixar bem claro logo que cara mais uma coisa: eu não curti o livro. Pela sinopse super parecia ser meu tipo de livro, mas acabou que foi uma grande cilada e bom, simplesmente não era. Tinha tudo para ser, mas acabou simplesmente não sendo, infelizmente. Só terminei de ler porque algumas vezes eu termino de ler do mesmo jeito, mesmo não gostando, para pelo menos eu ter sobre o que falar mal.

E isso é uma mentira, na verdade quando eu não gosto do livro, eu abandono completamente, mas é que nesse caso, Casada até Quarta era tão pequeno que quando eu assustei eu já tinha terminado de ler. E só para não dizer que eu sou ruim também, vou ler a continuação e tals.

 

PELO AMOR DO AMOR, NÃO ME ODEIEM

Eu não jugo quem gosta, pode gostar à vontade. Inclusive acho que de vez em quando, todas nós precisamos de umas leituras mais leves, até para a gente espairecer a cabeça. Por tanto, estou julgando o livro, mas é um julgamento digamos que mais de boas. Eu estou julgando quem gostou, mas não estou ao mesmo tempo, é um julgamento sem deboche, uma discordância saudável. E é bom ter discordâncias saudáveis também, não é mesmo?

Eu te amo.

— Casada até Quarta

Eu escolhi essa citação de propósito porque ela diz muita coisa e não diz nada ao mesmo tempo. Fica aí a reflexão. Mas enfim, vamos para o plot: é assim ó, a Sam tem uma agência de casamentos? Relacionamentos? Um negócio tipo tinder só que mais arrumadinho, porque é para achar um relacionamento sério, não apenas um lance a um raio de um quilômetro de distância, porque é o que dá para ir à pé. Enfim, um dos clientes do tinder mas que não é tinder da Samantha está procurando uma esposa porque tem uns negócios de umas heranças lá que ele tem que resolver e por isso ele precisa estar casado.

O nome dele é Blake e ele aparentemente é maior gatão, tem um título de nobreza que eu esqueci agora e bom, quer casar, né, gente, se não o título não faria muito sentido. Então, ele se encanta com a Sam ao invés de escolher uma das meninas que a Sam indicou, ela aceita e eles transam muito.

Eu não quero dar spoilers

Mais do que eu já falei sobre o plot de Casada até Quarta acho que já é spoiler demais para um livro de menos de 200 páginas. E o que eu não gostei foi basicamente isso: parece que você não tem nem tempo de se acostumar com os personagens, nenhum é descrito com profundidade e basicamente o que todo mundo apenas precisa ser é muito bonito. E fim. E não gostei do desenrolar da história também. Sei lá. Não sou capaz de opinar mais sobre isso. Leiam e opinem.

Pelo que eu pesquisei, é o primeiro livro da autora e tem mais outros seis livros, porque tem uma noiva por semana, aparentemente. Faz sentido isso, afinal não é mesmo?

Enfim, repito o que eu já disse lá em cima: depende do seu gosto e pode-se, inclusive deve-se, comparar a uma comédia romântica bem levezinha que de vez em quando é bom parar rir e desestressar. Mas, se você gostou e estar revoltadíssima comigo, POR FAVOR, ME CONTE. USE SEUS ARGUMENTOS CONTRA MIM. AMO ARGUMENTOS CONTRA MIM.


Casada até Quarta
Título da obra: Casada até Quarta
Série: Noivas da Semana
Autoria: Catherine Bybee
Páginas: 196
Gênero: Romance Hot
Editora: Verus
ISBN: 9.78857686593E+12
Ano de publicação: 2017
Onde encontrar: SkoobGoodreads
Sinopse: O contrato de casamento deles previa tudo.. menos se apaixonar.O primeiro livro da série Noivas da Semana.Blake Harrison: rico, nobre, charmoso... e precisando de uma esposa até quarta-feira. Para isso, Blake recorre a Sam Elliot, que não é o homem de negócios que ele esperava. Em vez disso, ele encontra Samantha Elliot, linda e exuberante, com a voz mais sexy que ele já ouviu.Samantha Elliot: dona da agência de casamentos Alliance, ela não está no menu de pretendentes... até Blake lhe oferecer milhões de dólares por um contrato de um ano. Não há nada de indecente na proposta dele, e além disso o dinheiro vai ser muito útil para quitar as contas médicas da família dela. Samantha só precisa disfarçar a atração que sente por seu novo marido e evitar a todo custo a cama dele. Mas os beijos ardentes de Blake e seu charme inegável se provam muito difíceis de resistir. Era um contrato de casamento que previa tudo... menos se apaixonar. Agora só resta a Samantha proteger seu coração até que o contrato chegue ao fim.

 

O assassino mais WTF de 'Destroçados'!
Bullet Journal Literário: organize suas leituras em 2018!
Tony & Susan, o livro que inspirou Animais Noturnos

Receba as novidades:

10 comentários
  • Gabriela

    Essa descrição do livro me fez lembrar de A GArota do Calendário, que tem 12 livros, um para cada mês do ano. Li os 4 primeiros quando tava precisando de uma leitura pra me distrair, uma coisa bem leve e que não precisasse pensar muito. Esse livro me parece ser do mesmo tipo.

    Eu tenho muito trabalho para fazer resenhas negativas, geralmente não consigo. parabéns!

    Responder
    • Bárbara Cavalcanti

      Gente, que livro é esse??????? vou atrás por causa do seu comentário!! e bom, obrigada pelo elogio, mesmo minha resenha sendo um pouco decepcionante ;3;

      Responder
  • Jacqueline

    Oi, tudo bem ?

    Amei a resenha, pude conhecer melhor sobre o livro, ver ele pelo seu ponto de vista e tudo postado me ajudou muito, pois tirou as duvidas sobre a obra e facilita na hora da escolha. ..principalmente por eu ser do tipo de pessoa que compra pela capa,antes de olhar a sinopse.

    Responder
    • Bárbara Cavalcanti

      que bom que pude ajudar ;3;

      Responder
  • thaynara

    fico triste quando vejo que alguém não gostou do que leu… às vezes penso "perde-se o tempo que poderia ser usado pra ler uma obra boa", por isso sou mega chata e leio quinhentas resenhas antes :')

    Responder
    • Bárbara Cavalcanti

      super justo!! mas acredita que as vezes eu leio milhões de resenhas e mesmo assim, de teimosa, vou lá e leio? ¯\_(ツ)_/¯

      Responder
  • Priscila

    Nossa, só tenho ouvido falar bem desse livro, mas agora… adoro uma comedia romantica, um livro levinho, mas pelo q vc falou nao tem uma historia consistente. E sao 6 livros? Desanima isso…
    Obrigada pela resenha, poupou de comprar um livro q provavelmente nao vou gostar 🙁
    bjs flooor

    http://cariocadointerior.com.br/

    Responder
    • Bárbara Cavalcanti

      Mas menina, dá uma chancezinha pelo menos!! ahahhaha Se bem que, ok, minha moral está lá em cima agora porque to recendo tantos créditos assim, quem sou eu na fila do pão <3 porém, eu mesma ainda não desisti, vai que os outros dão um upzinho né?

      Responder
  • Carol Sena

    eu tinha visto uma resenha super positiva do livro e já até baixei em epub , agora me deu um medinho de ler, mas eu vou, meu problema com livros assim é a parte do sexo, se tiver muito sexo eu pulo a maior parte, adoro as partes mais quentes, mas em excesso enjoa.

    Blog Entre Ver e Viver

    Responder
    • Bárbara Cavalcanti

      Olha, eu queria muito defender o livro nesse quesito, porém, acho que você vai acabar pulando muita coisa hahahahahhahahahah mas ó, eu ainda não desisti, cheogu o segundo aqui. lerei, opinarei e resenharei pq my mom didn't raise no quitter

      Responder

Receba as novidades: