Raposa Crítica
Freebie Banco de Ideias
Resenhas Literárias
GUIAS TERA ONLINE

'Para Cada Infinito' me fez querer jogar RPG!

Recentemente eu assinei o Kindle Unlimeted em uma promoção de 3 meses por 1,99. Eu só peguei por pegar mesmo, pensei que não ia ler nada de interessante, mas como eu me enganei.

Encontrei por acaso um vídeo do canal Conto em Canto, que indicava livros para ler em 3 horas. Então eu corri para ver porque adoro coisas rápidas. E foi neste vídeo que eu peguei a indicação do conto Para Cada Infinito do Victor Almeida (dono do canal Geek Freak).

Nele vamos conhecer a história de Miguel e Liam, dois garotos que se conheceram através de um site de RPG. No site eles eram conhecidos por Whurthal e Kylo (respectivamente) e eram os jogadores com os textos mais famosos da plataforma. Vale lembrar que ambos jogavam apenas um com o outro, um detalhe que eu achei fofo.

Um dia, Miguel estava olhando para a tela do computador, muito ansioso, pois Liam não havia respondido ao texto anterior. O motivo da ansiedade? Era um texto bem intenso, e até um pouco polêmico. Cheio de dúvidas na cabeça, Miguel quase caiu para trás quando Liam o convidou para que se conhecessem pessoalmente.

A mente por trás dos personagens

Depois disso acompanhamos como é esse encontro. E não tenho outra palavra para descrever a não ser: MA-RA-VI-LHO-SO! Esse conto é cheio de pequenas reflexões que, assim que eu li, eu pensei: "isso foi escrito para mim"!

Que algo inesquecível não é, necessariamente, um grande acontecimento. Não são explosões ou fogos de artifício. Momentos inesquecíveis são constituídos de coisas menores do que isso. Gestos singelos, que nem sempre precisam estar expostos ao mundo. Às vezes, são quase invisíveis.

— Para Cada Infinito

Miguel é bem tímido, inseguro com quase tudo e eu me identifiquei horrores com ele. Já Liam é mais tranquilo e consegue fazer amizade com qualquer um em instantes. Se você pensar por esse lado, eles parecem personagens bem básicos e clichês, mas eles são muito mais profundos. A medida que o conto vai chegando ao fim, e vamos conhecendo mais os dois, não tem como não se apaixonar.

Eu dei muita risada com algumas cenas. Fiquei pensando no azar, ou sorte, de ficar preso no banheiro e como alguém tinha coragem de fazer o que eles fizeram. Na verdade, pensei igual o Miguel na hora! Já deu pra perceber que eu não estava brincando quando disse que havia me identificado com ele.

O que me fez amar esse conto foi que, através do amor que os personagens tinham pelo RPG, me deixou com vontade de jogar e experimentar esse mundo! Fala sério! Fiquei encantada! Se você não for familiar com o RPG, não se preocupe, ele não fala nada muito complexo. E eu acho que foi isso que fez com que eu me interessasse. Eu não imaginava que tinha RPG de textos apenas e, como eu sou escritora, simplesmente adorei a novidade.

 

Era como pertencer à mesma tribo, comunicando-se por meio de um dialeto que apenas quem fazia parte do grupo entendia. Era a sensação de não precisar se justificar por gostar de algo que a maioria das pessoas considerava esquisito ou bizarro. Era a sensação de que poderia se aproximar de alguém perguntando "E aí, quantos dragões já matou hoje?" e não receber um olhar de desprezo em retorno.

— Para Cada Infinito

Me fala se esse quote acima não é maravilhoso?! Além dele se encaixar lindamente para a comunidade de leitores também!

Para Cada Infinito é um conto que eu vou levar no meu coração para sempre! Ele fez eu me sentir imersa em um mundo do qual eu não pertenço, mas ao mesmo tempo parece que eu o conheço desde sempre. E acho que isso é o mais válido em uma leitura, as sensações que ela traz e não se tem uma trama mirabolante.

Fico tão feliz que tive a oportunidade de conhecer o trabalho do Victor além do booktube e estou ansiosa para ver o que mais ele tem planejado em questão de escrita!


Para Cada Infinito
Título da obra: Para Cada Infinito
Autoria: Victor Almeida
Páginas: 108
Gênero: Romance
Editora: Contar & Criar
ISBN: 9.788592157E+12
Ano de publicação: 2016
Onde encontrar: Skoob
Sinopse: Miguel e Liam são os jogadores mais populares em um site de RPG online. Com a história tomando um rumo inesperado, Miguel decide tentar uma manobra arriscada, que poderá fazer Liam desaparecer para sempre. Porém, se surpreende quando o próprio garoto propõe que eles se conheçam fora da internet. Juntos, em um Gol vermelho, partem sem rumo, a fim de desbravar as riquezas do mundo real, viver pequenos momentos e dar uma chance à verdadeira amizade. Ou até algo mais.
Wishlist Literária para a Back Friday
Como sai da maior ressaca literária do ano
A visão sobre a mulher de Zack Magiezi em 'Notas sobre Ela'

Receba as novidades:

2 comentários
  • Thalita

    Se o livro te fez querer jogar, sua resenha me fez querer ler! Suuuuper interessante o jeito que você apresentou o livro, estou super curiosa agora e com toda certeza vai para a lista de livros do ano que vem.
    Acabei de encontrar seu blog e você tá muito de parabéns, ótima leitura, ótima estrutura, adorei tudo aqui.
    Um ótimo fim de semana!

    Responder
  • Honorato,Sandro

    Olá 🙂
    Como vai?
    Opa, um livro para ler em menos de um dia? To precisando deste kkkk
    RPG…nunca foi um vicio mas eu gostava quando era um pouquinho mais novo kkk

    Beijos e se cuida

    Responder

Receba as novidades: