Posts in Tag

Anime

 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 Se tem uma coisa que eu acho injusta nesse mundo é a discrepância entre o valor dos Funkos POP! nos Estados Unidos e no Brasil. Enquanto os bonequinhos de vinil super amados custam 10 dólares nos EUA, por aqui chegam a 100. E aí a gente fica só sonhando com ter nossa coleção, não é verdade? Recentemente uma colega que está fazendo intercâmbio avisou que ia voltar. Logo, a primeira coisa que me veio em mente foi pedir para que

Em dezembro fui convidada a participar de um projeto que duraria dois meses entre várias blogueiras e instagrammers. A ideia era assistir, durante janeiro e depois em fevereiro, seis filmes de uma temática específica. Como fiquei ao saber que Studio Ghibli era a a temática do primeiro mês? Encontrei um torrent com todos os filmes do estúdio de 1984 a 2014. Mal pude me conter de alegria, e assisti muito mais do que os seis filmes necessários e reassisti vários (notaram que fiquei uns dias sem postar né? culpa desse post!

Já que estamos em clima de dia das crianças, resolvi fazer um post para todos aqueles adultos que escutam por aí que ainda “são crianças porque ficam assistindo desenho japonês” e juntei três animes com uma temática mais madura que você pode confortavelmente encontrar na lista do seu Netflix. Porque nem todo anime é para crianças e sabemos disso muito bem. Para agradar todos os públicos, escolhi três animações com temáticas bem diferenciadas e todas valem muito a pena de seu jeito particular, além de dar algumas informações técnicas sobre a animação, também deixei minha

Estou desenhando. Melhor, voltei a desenhar depois de cinco anos sem nem rabiscar um coração no canto do caderno durante a aula tediosa. Mas não comemorem, por favor, provavelmente em um mês ou dois eu abandonarei esse hobbie também. Eu já falei um pouco sobre os meus hobbies neste post aqui em que divago sobre o nada do meu tudo. Textinho lá de dezembro de 2013, para vocês verem como esse dilema é antigo. Está escancarado também para quem quiser ler no meu perfil, ou bem resumido aqui do lado na

Como prometido, planejado e atrasado (pra não perder o costume), vim trazer um pouco do evento que me fez sumir daqui por uns dias, mas sempre é um prazer enorme participar. O Anime Revolution que aconteceu no final de agosto (23 e 24) foi a segunda edição de um sonho. O sonho é do meu amigo Magno Mustang, a primeira amizade genuína que fiz quando me mudei para Campo Grande, e arduamente trabalhado para realizar o que foi um sucesso. Vou contar um segredo para vocês, eu já estava por

Lembram quando eu disse que assim que começasse as aulas as coisas iam ser mais difíceis? Acertei em cheio, essa faculdade tá querendo me destruir. Mas eu to teimando e me esforçando. Mesmo saindo de casa em alguns dias às sete da manhã e só voltando as dez da noite, eu tento tirar pelo menos uns 40 minutos pra mim e foi assim que a cultura pop e nerd invadiram a minha semana!   Day 30 – Não era cultura pop e nem nerd, mas isso foi uma surpresa que

Essa sugestão de post veio lá do grupo do ROTAROOTS, em que a ideia era dar uma de nostálgica e falar da sua primeira relação com a internet, aquela da internet discada. E puxando essa conexão, vamos para o primeiro item dessa lista.   1. Vivendo perigosamente Meu primeiro contato com a internet foi mais ou menos aos 11 anos, e não é como se eu tivesse permissão para mexer no computador. A maioria dos meus momentos de descoberta foram de modo clandestino, o que era meio furada porque com