Raposa Crítica
Freebie Banco de Ideias
Resenhas
TOP COMENTARISTA SETEMBRO

Um tributo ao Studio Ghibli

Em dezembro fui convidada a participar de um projeto que duraria dois meses entre várias blogueiras e instagrammers. A ideia era assistir, durante janeiro e depois em fevereiro, seis filmes de uma temática específica. Como fiquei ao saber que Studio Ghibli era a a temática do primeiro mês?

Encontrei um torrent com todos os filmes do estúdio de 1984 a 2014. Mal pude me conter de alegria, e assisti muito mais do que os seis filmes necessários e reassisti vários (notaram que fiquei uns dias sem postar né? culpa desse post! haha).

Escolhi meus seis favoritos para trazer aqui, mas no final desse post tem muitos outros! Bom, vamos aos filmes e conforme eu for falando um pouco sobre eles, também explicarei algumas outras coisas desse universo.

1 – A Viagem de Chihiro (Sen to Chihiro no Kamikakushi – 2002)

55

Foi em 2004 que eu tive meu primeiro contato com uma animação do estúdio, por meio de um VHS locado (!!!!) e, sem dúvidas, esse é um filme que eu preciso rever uma vez a cada dois anos, no mínimo. Para quem não sabe, este filme foi o único de língua não-inglesa a ganhar o Oscar de melhor filme de animação. De acordo com alguns lugares é considerado o 10º melhor filme da história do cinema. E também pudera, o filme é uma obra de arte. Ele é mágico, encantador e crítico ao mesmo tempo.

É aquele tipo de filme que você pode ver mil vezes, mas você sempre vai se sentir com 10 anos e amedrontado enquanto descobre um universo baseado no folclore Japonês. Sempre vai pegar uma mensagem nova, descobrir um novo detalhe e se emocionar. Mas precisa assisti-lo de coração aberto, hein?

2 – Meu Vizinho Totoro (Tonari no Totoro – 1988)

555Essa imagem você conhece! Ou pelo menos essa encenação que praticamente todo cartoon que se preze tem uma fanart no estilo. E é desse filme que saiu essa pose tão amada!

Quando assisti Tonari no Totoro não era mais tão criança, e cheguei a começar a vê-lo com um certo receio, achando que seria um filme voltado firmemente ao público infantil. Doce engano.

Essa delicada história sobre amizade é para todas as idades. Sua trilha sonora é uma graça, a animação é muito superior à animação da época e o Totoro, para quem não sabe, é o mascote do estúdio. É um filme com gostinho de nostalgia!

A história gira em torno de Mei, uma jovem que encontra uma pequena passagem em seu quintal que a leva para um lendário espírito da floresta conhecido como Totoro. A mãe está doente e o pai sempre dividido em trabalhar e cuidar da mulher. Quando Mei tenta visitar a mãe por conta própria se perde e só o grande Totoro pode ajudar a menina.

3 – O Castelo Animado (Howl no Ugoku Shiro – 2004)

castelo-animado-2-1024-768-1024x768Eu quando assisti esse filme fiquei me questionando porque não o tinha visto antes. Me senti numa euforia imensa enquanto assistia a essa obra! O filme é baseado no livro premiado e com o mesmo nome da autora Diana Wynne Jones e a animação, como sempre, é impecável. Alguns consideram ele como o melhor e mais fantástico filme do estúdio.

Ele com certeza conquistou um lugar no meu TOP 3 filmes do Studio Ghibli. Sério. É sensacional.

A história roda uma jovem garota chamada Sophie, que tem sua vida alterada radicalmente ao ser transformada em uma velha senhora por meio de bruxaria e tudo porque ela teve um encontro inesperado com o misterioso Hauru, um mago muito famoso e poderoso, cuja fama mantêm as pessoas afastadas dele. Incapaz de encarar a família, ela parte em busca de uma cura que a posso torná-la jovem outra vez, busca esta que a leva novamente ao encontro de Hauru.

Com a ajuda de um Espantalho, ela adentra o Castelo mágico e encanta Markl – aprendiz de Hauru – e o dêmonio do fogo Calúcifer, fonte do poder do Castelo, além de encontrar o próprio Hauru. Sophie, então, torna-se uma faxineira, e ao passo que busca uma cura para sua maldição, encanta-se com o Castelo e descobre que Hauru não é nada do que dizem ser, mas sim que ele também tem um segredo que o consome e que ele precisa de ajuda.

4 – As Memórias de Marnie (Omoide no Marnie – 2014)

Esse filme caiu na cilada do excesso de expectativa. Lembro-me de ter lido muitas resenhas, escutado gente dizer que chorou horrores assistindo… E eu não consegui sentir nada disso.

Não que o filme seja ruim. Ele é bom, muito bom mesmo. Porém não conseguiu nada além de me marejar os olhos. Eu estava preparada para chorar como chorei com O Túmulo dos Vagalumes (resenha completa aqui). Isso foi meio decepcionante.

A história acompanha Anna, uma jovem que sofre de asma e que vai para o interior em busca de um clima melhor para sua saúde. Como é apaixonada por desenhos, Anna anda muito pelo pequeno vilarejo e suas praias, onde encontra uma mansão aparentemente abandonada e que a atrai imediatamente.

Logo Anna descobre que a mansão não estava tão abandonada quanto parecia, e ela conhece a doce Marnie. Sem saber se a jovem que vê é um fantasma, fruto da sua imaginação ou real, Anna passa por uma jornada de amizade, companheirismo, autoconhecimento e superação.

5 – A história da princesa Kaguya (Kaguya Hime no Monogatari – 2013)

Esse filme passou no Telecine Cult quando eu estava na casa da minha mãe. Obriguei ela a ver sim, e fiquei encantada pelo estilo usado na animação. Diferentemente dos outros filmes do Studio Ghibli, a animação é toda feita num estilo que lembra stop motion e traços que parecem feitos de giz de cera.

Baseado numa lenda folclórica japonesa do século X do mesmo nome, a história conta como um homem chamado Okina, que trabalha com bambu encontrou um bebê dentro de um broto de bambu e resolve criar a pequenina com sua esposa. A pequena Kaguya cresce numa velocidade assustadora, e logo se sente em casa e confortável na pequena vila.

Porém Okina encontra uma grande fortuna vinda dos bambus e, acreditando ser para a criação de Kaguya, resolve transformá-la numa princesa. Kaguya então se muda para capital, abandonando os amigos para ter aulas de etiqueta e levar uma vida de luxo. Com o tempo, a origem de Kaguya e seu propósito de vida vão sendo descobertos.

 

6 –  Vidas ao Vento (Kaze Tachinu – 2013)

Kaze Tachinu (Vidas ao Vento – 2013) foi indicado ao Oscar 2014 e perdeu para (bleh) Frozen, mas vale muito a pena ver, ele celebra a inventividade e lamenta o uso que se faz dela.

Enquanto muitos filmes do Studio Ghibli são recheados de fantasia, Vidas ao Vento é uma homenagem bem real. Ambientada no Japão durante a 2ª Guerra Mundial, ele fala sobre o sonho de voar e aprimoramento do avião. Acompanhamos a vida de um engenheiro que sempre sonhou em criar belíssimas máquinas. De sua infância até sua vida adulta, vemos ele estudar, se apaixonar e ver seus sonhos se transformarem em armas de guerra.

É uma história leve e ao mesmo tempo densa (uma característica da Ghibli), e que te deixa com um sentimento meio saudosista ao final.


studio-ghibli-1024x474

E é isso aí, fim da lista. Mas para quem ficou com gostinho de quero mais, eu posso indicar muitos outros filmes como Ponyo (Gake no Ue no Ponyo – 2008) que tem no Netflix, Da Colina Kokuriko (Kokurikozaka kara – 2011), Sussurros do Coração (Mimi wo Sumaseba – 1995) e, por fim, Princesa Mononoke (Mononoke Hime – 1997) que foi o último que eu assisti.

Todos os links redirecionam para suas respectivas páginas no My Anime List que, ao meu ver, é o melhor site de informações sobre anime aqui no ocidente. Por ele vocês encontram de informações técnicas e staff à resenhas.

ghibli-totoro
A guerra pelos olhos infantis de O Túmulo dos Vagalumes
Revelação Amigo Secreto – Liga Blogesfera
5 jogos para ficar de olho nessa Black Friday

55 comentários
  • Natasha Arruda

    Confesso que não vejo muitos filmes animes não, mas me interessei bastante pelas suas indicações. O que me chamou a atenção foi Kaze Tachinu me lembra um pouco da história de Santos Dummont, você não acha?

    Responder
  • Nath

    Amei muuuuuuuuito esse post!

    Eu acho que encontrei o mesmo torrent que você e baixei todos os filmes no ano retrasado. Fiquei encantada com todos. O meu primeiro também foi Viagem de Chihiro e depois Túmulo dos Vagalumes e assim fui assistindo todos. O Conto da Princesa Kaguya e o Serviço de Entrega da Kiki são os meus favoritos de todos, mas também gosto muito do Only Yesterday — não sei o nome em portugues hehe. Pensei que não ia ser o meu estilo de filme, mas nossa, é maravilhoso <3 — e Nausicaa.

    Muito difícil escolher esses apenas pq todos são muito bons!

    Beijos!

    Responder
    • Jade Amorim

      Nath, a Ghibli arrasa demais, não é verdade? Entendo totalmente seu sentimento! hahahaha Eu ainda não terminei de ver todos os filmes (PORQUE EU ATRASEI AS SÉRIES TUDO, SOCORRO), mas pretendo acabá-los antes do fim do semestre! xD

      Responder
  • Viviane Oliveira

    Jade, meu bibelô ❤

    Apesar de não curtir esse universo eu amo ler os posts sobre ele. Você sempre arrasa tanto que precisava falar.
    Vou mostrar esse post para uma amiga minha que pira pelos animes desse estúdio.

    Beijos, babe ✨

    Responder
    • Jade Amorim

      Vivi, já passou da hora de você dar uma oportunidade para essas obras hein? hahaha Fico feliz que goste, faço tudo com muito carinho! ♥

      Responder
  • Mari Dahrug

    Desses só vi a Viagem de Chihiro e adorei! Vou procurar os demais.

    Beijos
    Mari Dahrug
    http://www.rabiskos.com.br/

    Responder
    • Jade Amorim

      Se você gostou de Chihiro, Mari, pode ter certeza que também vai gostar dos outros! ♥

      Responder
  • LP

    Acho que pelo menos uns quatro desses filmes que você listou eu me lembro de ter assistido na cultura, quem diria não?
    E a viagem de Chihiro foi ainda um dos que eu mais receei em assistir na epoca.
    Recentemente depois de virar um suposto adulto eu voltei a ver alguns filmes do estudio e por alguma razão que ainda me é desconhecida eu assisti vidas ao vento, mas nunca vi frozen… huahuahauahuahauha
    bjos LP
    quatroselos.blogspot.com

    Responder
    • Jade Amorim

      A Cultura sempre trouxe muitos filmes da Ghibli mesmo, eu vi várias coisas asiáticas por lá. E ao contrário dos filmes da Disney, já que você mencionou Frozen, a Ghibli traz ótimas criticas sociais e são um tipo de filme mais adulto e cult, apesar de crianças poderem ver também. Muita gente pode achá-los chato até. rs

      Responder
  • simone

    Só conheço o Totoro, mas infelizmente não vi nenhum deles. O post me aguçou a curiosidade e vontade de assistir animações neste estilo.
    Charme-se

    Responder
    • Jade Amorim

      Simone, são todos ótimos, espero que tenha a oportunidade de vê-los. 😀

      Responder
  • Aline Amorim

    Nunca assisti nenhum desses, mas todos parecem ser muito fofos! ♥
    Beijos

    Responder
    • Jade Amorim

      E são mesmo, Aline. 🙂

      Responder
  • Tatiane


    Quanto filme amorzinho 🙂
    Desses só conhecia a A Viagem de Chihiro, mas já quero muito ver os outros também 🙂
    vou assistir assim que puder.
    ótimo domingo
    bjo

    Responder
    • Jade Amorim

      Tati, veja os outros sim, eles são lindíssimos, prometo que não vai se arrepender. 🙂

      Responder
  • Ana Camina

    Esses filmes são amor puro que encantam o coração! <3

    Responder
    • Jade Amorim

      Com toda a certeza, Ana! Eu amei demais cada um deles!

      Responder
  • Lua

    Vi todas essas animações, menos a viagem de Chihiho, mas tenho um carinho por especial por O castelo Animado

    Responder
    • Jade Amorim

      Genteeeee, como assim você não assistiu o mais famoso de todos? hahahahaha Corra pra ver, ele é maravilhoso. <3

      Responder
  • Jhessy

    Ultimamente nenhum filme tem me tocado, eu sinto falta do sentimento que filmes como O rei leão, Alice no País das maravilhas e outros sempre despertavam em mim e agora lendo o seu post percebi que nunca assisti um filme do studio Ghibli
    Vou procurar pra assistir agora as suas recomendações!

    Responder
    • Jade Amorim

      Jhessy, o estúdio é realmente perfeito para buscar esse tipo de obra viu? De verdade! Não vai se arrepender! ♥

      Responder
  • Flavi

    Ai menina, bate uma coisa em mim esses filmes… quase chorei vendo seu post!

    Responder
    • Jade Amorim

      São maravilhosos mesmo né? ♥

      Responder
  • Thais

    Até agora não caiu a ficha de que um estudio tão grande tenha fechado 🙁

    Responder
    • Jade Amorim

      Mas ele vai voltar, Thais. É só um hiatus para reestruturação. Fique tranquila! ;D

      Responder
  • Vickawaii

    Kiki! Não foi pelo meu blog não? HIAUSHIA ou pelo Uma Cadeira, Por Favor? Ou pelo Maldito Vivant?

    Vocês todos quase me convencem que A Viagem de Chihiro é bom, pena que não consegui me encantar pelo filme. Mas assisti Kiki e estou procurando mais filmes do estúdio, porque amo desenhos e animações japonesas. Desses, o único que eu não tinha ouvido falar era O Túmulo dos Vagalumes, que de longe foi o que mais me interessou. Vou assistir esse logo depois de assistir Mononoke Hime 😀

    Beijos, Vickawaii
    http://finding-neverland.zip.net

    Responder
    • Jade Amorim

      Vick, não sei, não me lembro! Faz um tempinho bom já isso. Mononoke Hime é um que quero muito ver, mas não tive tempo disponível ainda. Chihiro é bom, mas se ele não abriu espaço até seu coração, tudo bem, uma outra obra do estúdio abrirá! haha

      Responder
  • daniel henrique

    um cara que fez Ponyo, Castelo Animado e Nausicaä não pode ser menos que gênio.
    E com ele, acho que se vai a animação tradicional!

    Responder
    • Jade Amorim

      O filho dele está tentando seguir seus passos, Daniel, mas ainda não alcançou o ápice da sua carreira. Quem sabe no futuro ele consiga continuar esse legado? 😀

      Responder
  • Pedro Turambar

    Tô aqui aplaudindo de pé! Melhor estúdio de animação de todos os tempos.

    Simplesmente maravilhoso. Estou revendo todos os filmes com a minha namorada. Somos fãs apaixonados pela obra do mestre Miyazaki, eu não saberia escolher 5 preferidos.

    Responder
    • Jade Amorim

      Foi muito difícil, Pedro. Eu me limitei aos mais "antigos", porque a proposta do Rotaroots era muito voltada à infância, então usei isso para me controlar. Se fosse escolha livre, acho que não conseguiria também.

      Responder
  • Fábio Alves

    Não sou adepto desse tipo de animação, mas são mesmo belíssimos.

    http://meucarpediem.blogspot.com.br/

    Responder
  • Vulgo Emilie

    a viagem de chihiro *-*. também assisti por volta de 2004…bom,acho que era 2005. eu sei que foi um tempinho depois de todo o boom em cima. enfim, ganhou muitos prêmios. foi com ele que conheci o estúdio [também!]. amedrontado? só se for com o Sem Face. u.u. | Totoro ^^. Amo. | assim, túmulo dos vagalumes tem uma temática um pouco pesada…eu gostei, mas não elencaria numa lista de favoritos. | kiki sai de casa tão cedo e aprende a se virar rápido. outro que estaria na minha lista de favoritos. | o castelo animado!! *-*. acho que foi o meu segundo contato com o ghibli. | nahhhh, não vi nausicaa do vale dos ventos aí u___u. | preciso fazer uma listinha assim também. curto os filmes do estúdio..e o post vai servir como recomendação (tal como seu). aliás, só a ideia de divulgar já é legal :). {Emilie Escreve}

    Responder
    • Jade Amorim

      Você nunca ficou mais ou menos perturbada com A Viagem de Chihiro, sério? Eu sempre fiquei muito assustada com esse filme, sei lá, tem alguma coisa nele que me pegava.
      O túmulo dos vagalumes não é aquele tipo de filme que você fica feliz no final, então às vezes é dificil ele entrar pros favoritos. Fico feliz que tenha gostado, Emilie, quando postar, por favor, me envia o link! o/

      Responder
  • Jordana Sarkis

    Amiga por isso que é bom conhecer novos blogs né?
    Nossa minha primeira vez aqui e adorei seu post!
    Acredita que eu não conhecia esse studio? e esses filmes então?….nenhum!
    Que desinformada eu estava hein!
    beijos
    jordanasarkis.blogspot.com

    Responder
    • Jade Amorim

      Que bom que gostou *sorri e acena enquanto finge que acredita que você leu o que eu escrevi*. 🙂

      Responder
  • Bianca

    Eu quase não conheço desenhos japoneses, não conheço nenhum desses que você mencionou, vou procurar mais a respeito.
    Beijos

    Responder
    • Jade Amorim

      Deveria conhecer, Bianca. A meu ver o Ghibli é a Disney oriental. Amor demais. <3

      Responder
  • Carol Caniato

    Ah, gente, que post mais lindo! Esses também são meus filmes favoritos do Studio! Quero um dia conseguir assistir tudo!
    Muito triste com a notícia do fechamento também… Mas também sem o Miyazaki, não dá pra saber o que viria, né? As vezes é melhor parar enquanto tudo tá bem, do que esperar afundarem ou cair a qualidade pra decidirem parar, Enfim… triste de qualquer forma!
    :*

    Responder
    • Jade Amorim

      De fato, o Miyasaki era a alma do estúdio, mas tudo bem, tenho certeza de que eles voltarão logo logo firme e forte! 😀

      Responder
  • Camila Faria

    Oi Jade, eu fiquei super triste com o fechamento do Studio! E já estou doida para assistir o Túmulo dos Vagalumes. Não conhecia esse filme e achei a história incrível. Deve ser triste e lindo. <3

    Responder
  • Thaynara Paiva

    Totoro é muito amor. Nossa bateu uma nostalgia e uma vontade enorme de assistir todas essas animações *-*

    beijos, Thaaay
    Chovendo Algodão Doce

    Responder
    • Jade Amorim

      Thay, de fato esse post foi muuuuuito nostálgico de se fazer!

      Responder
  • Patricia Leardine

    As animações do estúdio são bênçãos para a fantasia. Sou suspeita em dizer que amo cada uma delas. Parece que no Japão (como sempre) há um museu dedicado às produções. Só não conheço O Túmulo dos Vagalumes, mas vou tratar de procurar. Tem uma bem fofinha também, O Reino dos Gatos, já assistiu?
    Parabéns pelo post, é uma produção que não dá para perder, principalmente quem gosta de fantasia.

    Responder
    • Jade Amorim

      Quero muito ver O Reino dos Gatos, tinha até me esquecido, obrigada por lembrar! 😀

      Responder
  • Nicolle Ignacio

    Da sua lista ainda não assisti "Meu Vizinho Totorô" nem "Túmulo dos Vagalumes", mas os outros três sim e todos conquistaram meu coração, principalmente A Viagem de Chihiro. Sua história com esse filme é bem parecida com a minha, aliás. Não lembro ao certo o ano, mas lembro que o vi em uma das edições da Smack! (ou será que foi Witch?) e fiquei com muita vontade de assistir, até que o encontrei na prateleira da locadora (VHS também). Locava sempre que podia e anos depois fiquei toda feliz quando o encontrei, agora em DVD, nas Lojas Americanas :333 dngdjfgndfjngjn É uma das minhas animações preferidas, no geralzão.

    Responder
    • Jade Amorim

      Chihiro é lindo demais, não tem como não estar nos amores. Veja também os outros! 😀

      Responder
  • Feufa Maciel

    Sou um caso perdido quando se trata desse tipo de desenhos… Só gostei de Pokémon e era o desenho que mais assistia na época, gostava de assistir no programa da Eliana, quando era na Record.

    Vi seu blog no Rotaroots.
    Bjs.
    http://www.feufolandia.blogspot.com

    Responder
    • Jade Amorim

      Feufa, esses desenhos que passam na TV, definitivamente não são os melhores. Dê uma chance! 🙂

      Responder
  • Camila

    Acho legal esse seu gosto 🙂
    Desses não conheço algum rsrs nunca fui fã.
    Ficou super massa sua adaptação!!

    http://www.chadecalmila.com

    Responder
    • Jade Amorim

      Conheça, Camila. Muito melhor que muito filme "adulto" que tem por ai. 😉

      Responder
  • Stephanie

    Eu adorei os tema de agosto do grupo, estou doida pra fazer uma carta para meu pai. Mas nesse dos programas, um anime que marcou a minha vida é Inuyasha, eu amavaaa sabia todas as músicas, chorava junto e não perdi nenhum dos filmes.
    Esses filmes, eu nunca vi, alias não lembro de ter visto nenhum filme de animação japonês, só alguns animes, estou fazendo download desses e ver se gosto 😀

    Responder
    • Jade Amorim

      QUERO MUDAR O MUNDO CAMINHAR SEM OLHAR PRA TRÁS COM VOCÊ ENCONTREI A PAZ NAS ASAS DE UM SONHO NÃO VOU ME PERDER JAMAAAAAAIS #TÁPAREI
      Mas eu amo Inuyasha mais que tudo, tia Rumiko Takahashi é uma diva. Me dá um abraço menina!

      Veja esses filmes sim, você vai gostar! :3

      Responder

Receba as novidades: