Raposa Crítica
Freebie Banco de Ideias
Resenhas
TOP COMENTARISTA SETEMBRO

Você é xenofóbico com Kpop sim

Não sei se sou a pessoa mais adequada para debater esse tema pois não sou nem um pouco entusiástica desse gênero. Talvez, exatamente por isso, eu seja a pessoa adequada para falar sobre o assunto.

Ter uma irmã caçula extremamente fã de K-pop me permitiu fazer algumas análises. Primeiro que o fã de K-pop é muito animado e dedicado… caramba, quanta energia galera. Em segundo lugar que a razão de pessoas que dizem que não gostam é geralmente xenofobia.

Essa palavra dá medo, né? Você?! Xenofóbico?! jamais! Imagina! Você é uma pessoa tão legal, escuta até Beyoncé e faz formation, como poderia ser xenofóbica?

Mas você é, e eu vou te explicar exatamente porquê. Antes de mais nada vamos definir o que é xenofobia.

s.f.Aversão a estrangeiros; repugnância a pessoas e/ou coisas provenientes de países estrangeiros: refugiados sofriam xenofobia em alguns países. Hostilidade; receio, medo ou rejeição direcionados a quem não faz parte do local onde se vive ou habita.
Dicionário Online de Português

Esclarecida essa parte, vamos para esse estudo de comportamento completamente não metodológico que realizei pelo último ano (e que ficou mais conclusivo recentemente quando me envolvi mais com o nicho).

Sempre observei bastante as respostas para "não gostar de K-pop" que escuto das pessoas (nem sempre direcionada para mim). Muitas delas do meu círculo de amizade, seja nas redes sociais, na vida 'real', nos game, etc. Elas são geralmente no estilo: "mas porque eu vou ouvir algo que não sei sobre o que fala?" e "aqueles afeminados cheio de maquiagem?".

Nunca é sobre a música.

Nunca.

Conto nos dedos de uma única mão quantas pessoas me responderam que era "porque eu não curto esse ritmo/gênero musical", piora muito mais quando eu pergunto "Mas você escutou alguma música para decidir se gostava ou não?".

Não é que você não gosta de K-pop, é que você acha que não vai gostar de K-pop baseando sua opinião no seu preconceito.

Quando você começou a escutar música norte-americana, eu tenho certeza que você não entendia o que eles falavam. A maioria não entende até hoje. Mas não tinha problemas, né? A gente ficava lendo os sites de tradução em loop enquanto ouvia a música e chorava pelo crush perdido.

Porque com coreano seria diferente?

Ah tá, porque não é um país culturalmente aceito, não é uma língua popular e invejada no dia a dia. Ninguém sonha ir pra Coréia viver o sonho coreano né? O importante é ser que nem os Estados Unidos. Ah tá.

Viu? Você é xenofóbico.

E o argumento sobre a aparência dos membros então… Bom, a Coréia do Sul é um país oriental, eles tem uma cultura MUITO diferente da nossa. Não estamos aqui fazendo juízo de valor sobre ser boa ou ruim, é só diferente. Lá, pelo o que eu fui informada (lembrem-se, eu não sou a maior fã do gênero, muito do que eu sei foi conversando com fãs), é tão natural homem usar maquiagem quanto mulher, pelo menos na mídia. Eles não buscam esse estereótipo norte-americano (olha só de novo você aqui) de virilidade ou alta sexualização (mais no caso dos girl groups).

Aí gera estranhamento. Tudo bem, é diferente. É normal você estranhar algo que não é da sua cultura.

O problema é usar isso como argumento de hostilização (vamos lembrar que hostilizar algo não é só sair por aí soltando hate não), porque primeiro além de xenofóbico, você é machista e se pá até homofóbico.

Ué, Jade, tá louca? Por quê?

Bom, a partir do momento em que você julga como ruim uma banda porque os membros usam maquiagem, argumentando que eles são afeminados (e feminino é algo ruim, é? Surpresa: isso é machismo) e você não escuta música de afeminado (você quis dizer no sentido de talvez eles serem gays? E o que tem? Eles tão cantando ou querendo te comer? Isso é homofobia).

Chocante, não?

Nem um pouco, na verdade.

Musicalmente falando, eu acho que o K-pop tem um ritmo musical muito parecido com o pop norte-americano, inclusive nas suas variações. Do mesmo jeito que Selena Gomez é tão pop quanto Michael Jackson, e seus públicos extremamente diferentes, há também vários tipos de banda no K-pop.

Sempre escutei K-pop pelas recomendações do Spotify, quando eu gostava eu ia lá e salvava. Isso não significa que eu sei o nome de todos os membros da banda, ou que conheço suas discografias e acompanho suas redes sociais, só que eu escuto e coloco na minha playlist como qualquer outro tipo de música.

Porque olha só: K-pop é como qualquer outro tipo de música.

Esses dias, num projeto com um grupo de colegas sobre compartilhar músicas "desconhecidas", eu só de teste compartilhei uma das músicas do gênero. Imaginem minha total falta de surpresa quando li um "nossa fui seca achando que não ia gostar e mordi a língua".

Pare de julgar um estilo musical com base nos seus preconceitos culturais.

Tudo bem você não gostar das músicas que escutou, mas não faça desse o seu motivo.

E só porque eu acompanhei minha irmã no show do BTS que teve em São Paulo nesse mês(e porque eu posso), vou deixar algumas músicas deles que atualmente estão na minha playlist, misturada com meus indies e MPB. Ah, e se você quiser conhecer algumas músicas, até fiz uma playlist de kpop bem animada e variada com a ajuda da minha irmã.

[MV] BTS(방탄소년단) _ Run

BTS '봄날 (Spring Day)' MV

BTS J-hope – MAMA [Han|Rom|Eng lyrics]

[BTS – 21st Century Girls] Comeback Stage

[ AUTOESTIMA ] Você já se elogiou hoje?
BEDA: Impressões finais e porquê não valeu a pena
A melhor pior pessoa do mundo

38 comentários
  • Bela

    Assisto muito orama e escuto Kpop e quando comento sobre com alguns amigos do meu marido, eles rolam os olhos. Aqui na Finlandia tá rolando um xenofobia 'despercebida' pela sociedade por causa dos refugiados. Eles tão pegando raivinha de qualquer nacionalidade que vem morar aqui e 'abusar' dos recursos do pais.
    Eu fui bem aceita pelos amigos e pela família mas fiz uma amiga chinesa que tá sofrendo com a família do marido.
    A Bela, não a Fera | Youtube Channel | Vem conversar comigo no Twitter!

    Responder
    • Jade Amorim

      Bela, de fato xenofobia não é exclusivo de lugar nenhum. Tem em todo o lugar e é péssimo! 🙁

      Responder
  • Mandy

    Eu não posso dizer que sou fã de K-pop pois seria considerada poser, mas eu gosto muito das músicas do Super Junior e outros. Tem um ritmo tão legal, sempre quero imitar as dancinhas (algumas, sem sucesso haha). Gosto de escutar diversos gêneros, do inglês ao árabe haha, completamente eclética. Mas, de fato rola muito preconceito com outro tipo de idioma considerado diferente do inglês. Uma pena.

    beijos,
    deloucostodossomosumpouco.blogspot.com.br

    Responder
    • Jade Amorim

      Mandy, realmente é algo bem triste.esse tipo de preconceito. Se não gosta, só deixa lá né? :/

      Responder
  • Viviane Oliveira

    Jade, adorei o seu post!
    Atingiu em cheio o público que gosta desse som e já se sentiu assim. Mas ao mesmo tempo, estou digerindo alguns pontos que você escreveu. Porque eu não gosto de K-pop, nunca me interessou e não tem nada a ver com a letra da música, não entender o que eles falam ou a cultura ser completamente diferente da minha. Apenas o som não me agrada, o estilo nunca me despertou o interesse! E sim, já ouvi, assisti videoclipes (quando surgiu o assunto entre uma roda de amigos) e não goste de jeito nenhum. Mas infelizmente, xenofobia existe demais!

    Beijos, babe ✨

    Responder
    • Jade Amorim

      Vivi, não gostar do gênero é super normal, o que não pode é tu dizer que não gosta baseando em preconceitos, né? Aí tem que ouvir umas poucas e boas sim!

      Responder
  • Rubyane

    É sério que tem gente que alega que não gosta de k-pop por causa da maquiagem que os moços usam? Assim até parece que os homens brasileiros e americanos não usam maquiagem, a diferença deles para os coreanos é que os coreanos não tem vergonha de assumir isso.
    Fora isso não tenho nem o que dizer, Jade, você já falou tudo. Ótimo texto! <3

    Responder
    • Jade Amorim

      Ruby, isso é mais comum do que imagina! Fico feliz que tenha gostado!

      Responder
  • Nath

    AMO K-Pop <333 BTS é vida!!

    Eu não tô muito ligada no que as pessoas falam sobre esse gênero nas internet afora, mas nada a ver esse negócio de julgar sem conhecer ou pela aparência. Uma coisa é não gostar da música, como você disse, e outra é não gostar pq eles são 'diferentes'. Imagina se o povo lá fora julgasse o Brasil apenas pelos clipes de funk? Ótima reflexão! 🙂

    Beijos!

    Responder
    • Jade Amorim

      Nath, é exatamente essa a lógica. Julgar por preconceito é coisa de gente de mente pequena!

      Responder
  • Thayline

    Que post maraaaaa Sou k-poper sim e já ouvi muitoo insso desde quando comecei a ouvir. "Ah… sla, acho estranho" "Os clipes fazem macumba" são algumas respostas qur ouço quando pergunto se ouvem kpop. Esse post caiu como uma luva pra mim e acho que as pessoas deviam ler esse texto SIM! Porque ouvem uma música americana mas não escutam coreana? enfim! belo post.

    Responder
    • Jade Amorim

      Thay, fico feliz que tenha gostado! Até entendo quem não gosta do gênero, mas não admito ler gente falando que não gosta por causa de preconceito!

      Responder
  • Daniela

    Que texto incrível!

    Eu sou professora e tenho muitas alunas que gostam e preciso defender na aula o direito de elas gostarem porque muitos colegas (geralmente os meninos) as zoam usando justamente esses argumento. E o que eu falo pra eles é justamente que não gostar do estilo é uma coisa, outra completamente diferente é usar argumentos machistas, homofóbicos e xenófobos (não com essas palavras exatamente em todas as vezes) para desqualificar algo que outra pessoa gosta.

    Parabéns. Ah, E adorei o blog.

    bjo bjo

    Responder
    • Jade Amorim

      Dani, parabéns pela sua iniciativa! É desde cedo que a gente tem que educar e ensinar que esse tipo de posicionamento é péssimo! Sempre que me deparo com algo do tipo também busco entrar em defesa!

      Responder
  • Hanna Carolina

    Olá Jade! Esse post foi um tapa na fuça de mta gente! Eu gosto sim de KPop e, assim como vc disse, o fato de dizer que não entende o que eles estão falando não seria motivo pra dizer que não gosta de algo… Veja músicas em Inglês, em Francês, Alemão… Nem todo mundo é poliglota, mas ouve pelo ritmo e só vai entender o que quer dizer beeeeem depois… Qtas músicas ouvíamos em Português mesmo sem entender o que a letra queria dizer no fundo… e depois de anos fomos saber o que era e morremos de vergonha ao admitir que ouvi algo daquele tipo? Mas por ser do outro lado do mundo pode ser rechaçado de primeira. Porque é esquisito, é estranho, é afeminado… Mas pra eles a gente tb tem gosto estranho… ninguém parou pra pensar nisso tb?! kkkkkkk
    Enfim… Seu post é pra ser publicado, republicado, compartilhado, impresso e distribuído pelo mundo afora… E vms ouvir KPop sim! Colocar mais glitter e mais maquiagem no mundo sim! =)
    Bjks!

    http://www.mundinhodahanna.blogspot.com

    Responder
    • Jade Amorim

      Hanna, esse definitivamente era o objetivo! Tenho pavor de gente que usa preconceitos para reforçar suas críticas. Coisa de gente imatura!

      Responder
  • Bianca

    VOU PANFLETAR ESSE POST SIM SENHORA

    Responder
    • Jade Amorim

      HAHAHAHA fico feliz que tenha gostado! 😀

      Responder
  • Ana Letícia

    Olá Jade, Tudo bem? Eu tenho vontade de imprimir esse post e colar na minha testa para todo mundo ler. Só li verdades. Eu sou Kpopper e Dorameira há 5 anos e nesse tempo já ouvi de tudo, "Eu lá vou gostar desse chineizinho" ou então "Gaypop", as vezes as pessoas já vão escutar kpop com aquela critica preparada na ponta da língua.Outra coisa, é muito chato a maneira com as pessoas nos enxergam, tipo no ano passado, as Armys ficaram esperando na fila do show do BTS se não me engano um mês e em um jornal estava nos tratando como fanáticas doentias, porém quando os fãs de musica americana fizeram o mesmo ou ficaram até mais tempo, foram tratados como fãs fieis. Além disso, as produções coreanas também sofrem com esse preconceito, já que todo mundo venera as produções americanas e acham que só ela são perfeita. Exemplo disso, foi Invasão Zumbi, era tanta critica negativa sem fundamento, tudo bem você não gostar, mas falar q o filme é fraco e mau construído, já é perseguição. Uma produção que conseguiu mesclar ao terror, um problema social, como o individualismos, ser tratada como apenas outro filme "chineizinho" me doei. Espero que seu post abra a mente de muita gente. Por fim, amei tanto o post que tenho vontade de te abraçar kkkk,

    http://www.meioassimetrica.com.br/

    Responder
    • Jade Amorim

      Ana, isso é muito verdade viu! Eu acompanhei essas críticas da fila do bts e a fila do bieber, por exemplo. Eu odeio essa galera que critica por preconceito, são realmente péssimos!

      Responder
  • Graziella

    Jade, QUE POST GENIAL!
    Eu sempre, sempre quis um post sobre isso. A Comunidade kpopper está aplaudindo você de pé, obrigada!
    Sou fã de KPOP a mais de 7 anos, juro que sempre ouvi coisas como "COISA DE GAY, COLORIDOS, RIDICULOS" a vida toda, o que mais me chateia é que o kpop não é só isso (Essa fase já passou, de uma olhada no clipe Lollipop do 2ne1 e Bigbang e olhe os clipes deles hoje em dia, era uma fase! Tem de tudo, todos os generos, assim como qualquer musica, como você mesma mencionou.
    G E N I A L ♥ ADOREI ADOREI ADOREI!

    Chocowhovian.blogspot.com

    Responder
    • Jade Amorim

      Grazi, fico muito feliz que você tenha gostado do post. E fico muito feliz de ter colaborado com a comunidade de k-pop! hahaha
      Acho que esse negócio de coisas coloridas e etc, sendo uma fase ou não, precisam ser respeitados. Como eu disse no texto, é normal ter gente que não gosta mesmo do estilo de música deles, mas jamais devem usar o preconceito de alicerce, né?

      Responder
  • Lua

    JAde eu tbm nunc aavi uma galera tão cheia de energia quanto essa fã de K-pop, haha
    Queria saber de onde sai tanta animação! adorei o seu questionamento que me levou a outras reflexões,
    ^^

    Responder
    • Jade Amorim

      Lua, é que a maioria dos fãs são adolescentes, e acho que eles realmente se dedicam a isso com paixão. Eu tinha a minha fase de fangirl também! haha

      Responder
  • Carolina Ferraz

    Bicho que texto maravilhoso. Eu queria tanto mandar para umas pessoas mas é aquilo começaria uma treta. É muito preconceito, vindo até mesmo de quem até outro dia, cantava PSY aos quatro ventos. Que textão maravilhoso. Arrasou

    Responder
    • Jade Amorim

      Carol, fico feliz que tenha gostado do post. Realmente a galera adorava o PSY porque ficou famoso nos EUA, mas são todos super escrotos quanto o assunto são outras bandas né? :/

      Responder
  • Julie

    Vc expressou tudo o que penso sobre o assunto! Amei forte seu post, sério. Tenho um blog e canal sobre música e a última postagem que fiz foi justamente sobre BTS. Sabe, entrei em diversos grupos no facebook sobre K-pop e sobre a banda específica para analisar o entusiasmo e os tópicos que seriam interessantes para abordar. E caramba, fiquei extremamente impressionada e encantada com a dedicação e amor dessa galera. Muitas aprendem coreano sozinhas, com 12 anos, só pra entender melhor a música que apreciam. Olha que coisa mais maravilhosa!!! Vi uma live de uma menina que já estava falando fluente, tinha 15 anos e autodidata. Olha que coisa fantástica o poder da música!!! Sério, até arrepio com isso e não é à toa que meu blog é voltado para esta arte. Fico encabulada com as pessoas que escondem a xenofobia atrás do discurso de repúdio a este gênero musical. Música expressa a cultura de um local e sim, também vejo essa aversão toda como xenofobia. Não gostar de características musicais é uma coisa, mas não gostar por ser de uma cultura diferente é outra. E considerando as pessoas que vi nos grupos de facebook: olha que mundo novo incrível que essa gente atolada no preconceito tá perdendo??? Provavelmente, na hora de encontrar seu espaço no mercado de trabalho quem vai ter maior vantagem: quem fala só inglês ou quem fala inglês e coreano? Cuidado, preconceituosos, talvez seus chefes serão os kpoppers que vocês tanto insistem em inferiorizar.

    É engraçado, muita gente diz que gosta de música mas na verdade gosta só das músicas que estão dentro da própria caixinha, ainda tem coragem de dizer que o restante é "lixo". Na hora de valorizar música independente do próprio país pra dar uma moral pros nossos artistas cadê? Na hora de conhecer músicas de línguas e nuances diferentes da zona de conforto, cadê? Me desculpa mas isso não é gostar de música. Deixando claro que não significa que você deve gostar de tudo que ouve, mas sim respeitar e deixar o preconceito de lado na hora de conhecer expressões artísticas diferentes da que você está acostumado.

    Perdoa textão, tava entalado na garganta HAUHAUAH

    ah, se você se interessar é esse o vídeo que mencionei: https://www.youtube.com/watch?v=hJQQRlq434k

    Nem preciso dizer o tanto que amei seu texto, até empolguei pra comentar ♥ hahaha sério, parabéns mesmo!!

    Beijos!!
    http://www.ouviporai.com

    Responder
    • Jade Amorim

      Menina, concordo totalmente contigo. Tenho uma experiência muito parecida com a que você teve. Acho pessoas que chamam o estilo de música que "não gostam" de lixo bem ridículas e imaturas. Inclusive adoro ver a galera reclamando que no brasil não tem mais banda de rock legal e etc, todas acabaram, mas na hora de ir num show e apoiar uma banda local, cade? Mas tá ali pagando uma fortuna pra ir em show gringo.
      Fico feliz que tenha gostado do post, ele realmente tava entalado na minha garganta fazia um tempo.

      Responder
  • Bia Travesso

    Cara…. Só li verdade! E você só abordou o kpop. Agora imagina tentar apresentar uma banda de jrock, especialmente as visual kei, para um ocidental? Quantas vezes já ouvi "visual kei ou visual gay". Vou apenas aplaudir por agora é compartilhar um tanto.

    Responder
    • Jade Amorim

      Bia, essa estigma é toda em cima de cultura oriental, né? Eu fico exausta de ouvir uns absurdos desses!

      Responder
  • Vickawaii

    Adorei o post! Eu não sou xenofóbica porque desde sempre ouço música japonesa ahsduiashai, e quando conheci o K-Pop, adorei os ritmos contagiantes e inclusive o jogo que mais uso no Wii é o K-Pop Dance Revolution (tem post no meu blog, por sinal ashduiasd). O que achei curioso é que TODO MUNDO adorou Gangnam Style mas não se preocupou em conhecer mais músicas coreanas. Enfim, valeu o post e as recomendações <3

    Beijos, Vickawaii
    http://www.neverland.com.br

    Responder
    • Jade Amorim

      Vick, eu tinha até esquecido de comentar no post sobre Gangnam Style. Sabe, acho que ele estourou exatamente porque virou febre no NA, e eles quem "comandam" oque cada um vai gostar, né? Mas essa música do Psy era vista muito como piada, então meio que o estigma continuou. 🙁

      Responder
  • Bruna Morgan

    Eu conheci o Kpop através da minha irmã, ela fez até minhas primas de 8 anos gostarem huahua
    Gostei bastante, e olhe só: estou estudando coreano num curso da faculdade kkkk
    Conhecer coisas de outras culturas é algo maravilhoso, e pessoas com mentes fechadas não conseguem aproveitar isso.
    Amo BTS, quero o Suga, JHope e o Rap Monster pra mim. Outro grupo que também amo é BigBang, e um solo é o Jay Park <3

    Responder
    • Jade Amorim

      Bruna, ter contato com outras culturas realmente´é ótimo. Só sinto muito por essa galera que não consegue aproveitar isso!

      Responder
  • Minha irma mais nova também ama rs. Apesar disso eu só conhecia de nome, é a primeira vez que ouco algo deles.
    Mas como assim as pessoas dizem nao gostar porque os caras usam maquiagem? CHO CA DA
    David Bowe e Robert Smith (do The cure) também usaram muita maquiagem e viraram ícones, né? Além de cantarem em uma língua que poucos brasileiros sabem falar.

    Responder
    • Jade Amorim

      Vê, é exatamente esse o espírito da coisa! Existe muito estigma relacionado à culturas orientais, é puro preconceito. Mas se os NA fazem, nossa que hino! kkk

      Responder
  • Stephanie Ferreira

    MENINA TU ARRASOU NESTE POST HEIN!
    Eu GOSTO MUITO de K-Pop porque mora uma adolescente dentro de mim, mas gosto justamente porque lembra muito o pop americano só que com mais danças e eu adoro sim ou claro? 😀 Eu só não estou por dentro deste universo porque aquilo -não.entendo.nada.de.coreano- e por preguiça de aprender mesmo. Mas fora isso BOTA MAIS MAQUIAGEM E GLITTER E VAMOS DANÇAR K-POP POR FAVOR <3

    Responder
    • Jade Amorim

      Obrigada, Steh! Eu também curto um bocado as músicas, apesar de não ter imergido completamente nesse universo. Esse preconceito é muito idiota, é música e é música boa do mesmo jeito! ♥

      Responder

Receba as novidades: